Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Você chegou!

Durante muito tempo o impulso de escrever transbordava dos meus dedos só nos momentos de profunda tristeza e angústia. Quando a desesperança avassaladora das decepções arrebentava tão forte meu coração que era preciso pôr pra fora em forma de texto. Mas hoje, não. Desta vez o que me move é a felicidade imensa que jorra corre nas minhas veias, como se o meu sangue estivesse brilhando dentro do meu corpo, pulsando amor. Um amor com o qual sempre sonhei, e que nos últimos anos eu duvidei que existisse de fato.  Foram tantos desencontros e tanta dor, que eu julguei ser tudo uma grande ilusão. Acreditei que a vida real não pudesse ser tão boa, que o meu ideal de amor romântico tinha sido deturpado pelo que eu via nas novelas e nos filmes. Precisei me perder de mim mesma e desprender daqui de dentro a mocinha sofredora e ingênua que sonhava com um romance açucarado, desses que a gente compra na banca bem baratinho, como o da Princesa Margarida. Também cheguei a pensar que se esse amor corr…

Últimas postagens

Tudo de novo com você

Felix quer dizer Feliz

Melodrama do Desamparo (ou bem-vindo ao mundo dos adultos)

A Noiva

Zumbindo

O irmão mais novo

Tem uma mãe aqui dentro

Tudo ao mesmo tempo agora

Hoje é o seu dia, que dia mais feliz!

Transtorno Pseudo Mórbido